Ucrânia: uma cronologia

AGOSTO 2001

  • A Ucrânia celebra os 10 anos de sua independência.

JUNHO 2001

  • O papa João Paulo II faz sua primeira visita ao país, provocando protestos de membros da igreja ortodoxa ucraniana e russa contrários à visita.

ABRIL 2001

  • O parlamento ucraniano aprova um voto de desconfiança contra o governo. Antes, os parlamentares já haviam demonstrado seu descontentamento com o programa de reformas econômicas do primeiro-ministro Viktor Yushchenko. O premiê aceita o voto de desconfiança, mas diz que iria continuar na política.

FEVEREIRO 2001

  • Jornalista Georgiy Gogadze

    A União Européia solicita a abertura de um inquérito para investigar o assassinato do jornalista Georgiy Gogadze. Ativistas de oposição acusam o presidente Leonid Kuchma de envolvimento na morte do jornalista e pedem seu afastamento do poder. Kuchma nega as alegações.

2000

  • A usina nuclear de Chernobyl é fechada, 14 anos depois do acidente. Mais de 10 mil pessoas morreram como resultado direto da radiação liberada na explosão da usina. Outras milhões de pessoas tiveram a saúde prejudicada pela radioatividade.

1999

  • O presidente Leonid Kuchma é reeleito.

1998

  • Os comunistas emergem como a principal força isolada no parlamento, depois de eleições realizadas no país. A maior parte dos deputados, porém, é independente. A moeda ucraniana sofre uma desvalorização, em conseqüência da crise econômica na Rússia.

1997

  • A Ucrânia assina um tratado de amizade com a Rússia. Os dois países também alcançam um acordo no tocante à frota naval do Mar Negro.

1996

  • Entra em vigor uma nova constituição e uma nova moeda, o Hryvna.

1994

  • Eleições presidenciais. Leonid Kravchuk é substituído por Leonid Kuchma.

1991

  • A Ucrânia declara independência, depois de uma tentativa de golpe fracassada em Moscou. 90% da população vota pela independência, em plebiscito realizado em dezembro.

1990

  • Protestos estudantis e greves de fome levam à queda do governo de Vitaiy Masol.

1988

  • Escritores de renome e intelectuais se unem criando o Movimento Popular Ucraniano pela Reestruturação (Rukh).

1986

  • Chernobyl

    Um reator da usina nuclear de Chernobyl explode, lançando uma nuvem de radioatividade nos céus da Europa.

Anos 60

  • Apesar de ilegal, a oposição ao regime soviético no país aumenta, levando à repressão de dissidentes em 1972.

1954

  • Chega ao fim a resistência armada contra o governo soviético, com a derrota do Exército Rebelde Ucraniano.

1945

  • A vitória dos aliados na Segunda Guerra Mundial leva a União Soviética a anexar o oeste do território ucraniano.

1941

  • A Ucrânia é devastada durante a ocupação nazista, que começa neste ano e se estende até 1944. Mais de cinco milhões de ucranianos morrem lutando contra os alemães. A maioria dos judeus do país é exterminada.

1937

  • Stalin lança uma ofensiva contra os intelectuais ucranianos, ordenando deportações e execuções em massa.

1932

  • Aproximadamente sete milhões de camponeses morrem de fome durante o processo de coletivização das fazendas no país, determinado por Stalin.

1921

  • Criada a República Socialista Soviética da Ucrânia.

1918

  • A Ucrânia declara independência. Estabelece-se a República Popular Ucraniana.

1917

  • Criado um conselho central (Rada) de governo em Kiev, depois do colapso do império russo.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s