» Sociedade Ucraniano-Brasileira “Unificação”

Sociedade Unificação

A primeira entidade ucraniana formada em São Paulo, data de 08 de dezembro de 1929 – Ukraínski Naródni Soiúz – registrada no Diário Oficial do Estado nº 1194 de fevereiro de 1930, tinha como principais objetivos auxiliar os sócios no desenvolvimento cultural, material e zelar pelos interesses da colônia ucraniana de São Paulo. Com o passar dos anos, o nome da entidade foi mudado para – Vilna Ukraína – e posteriormente para Ukraínski Ossierédok. Apesar das alterações de nome, a sociedade sempre foi muito ativa, realizando comemorações das datas nacionais ucranianas, organizando corais e grupos de teatro, além de jornais e revistas em idioma ucraniano que circulavam pela comunidade. Ao término da Segunda Guerra Mundial, chega uma nova corrente imigratória, que juntamente com os integrantes da sociedade Ukraínski Ossierédok, fundam a Sociedade Ucraniana Unificação, registrada oficialmente em 1949.

Os principais protagonistas da fundação da S.U.B. Unificação podem ser divididos em dois grupos: os velhos imigrantes, que tiveram  atuação expressiva  entre 1929-1938, tais como os oficiais do exército ucraniano Mykola Dniprovey  e  Mykola Pismenney,  Iósif Soroka,  Mikhailo   Stefanyscyn,  Mikhailo Dziura,  Eduard Vitzkey e  Mikhailo Wasyk; os novos imigrantes, dentre os quais Iwan  Wolynec, Mykola Greluk, p. Vasyl  Petruk,  Mykhailo Danilowski , Jan Kuchar,  Ewhen Koroliuk, M.Barvinski, Roman Konarski, Oleg Szymanskyj, Wolodymyr  Jyla, e o mais importante, o  padre  Iósif  Skulski, que conseguiu o registro da  sociedade em audiência pessoal com o presidente Eurico Gaspar Dutra.

A nova onda imigratória trouxe alterações substanciais na atuação da comunidade ucraniana de São Caetano do Sul e localidades vizinhas da cidade de São Paulo, como a Igreja Católica, de rito oriental, que se localiza à rua das  valerianas, 168 – Vila Bela – São Paulo, que começou a ser construída a partir  de 1950,  juntamente com a igreja Ortodoxa da  rua dos ucranianos (Igreja Ortodoxa Autocefálica Ucraniana São Volodymyr) e a igreja da rua oriente (Igreja Ortodoxa  Gregoriana), ambas em São Caetano do Sul. Infelizmente, muitos dos imigrantes de 1947 e 1949, acabaram indo radicar-se nos Estados Unidos e Canadá, fator que diminuiu grandemente o número de sócios ativos de nossa sociedade; construída entre os anos de 1963 e 1968, quando a partir de então, altera seus estatutos para permitir a afiliação dos descendentes, passando então a chamar-se Sociedade Ucraniano-Brasileira Unificação, contando hoje com uma centena de sócios que procuram preservar a rica cultura ucraniana com atividades ligadas às tradições de Páscoa, Natal, comemorando as datas nacionais com almoços, apresentações teatrais e danças folclóricas.

A divulgação da cultura ucraniana, por parte de nossa sociedade, está, hoje a cargo do grupo de danças folclóricas ucranianas Kyiv , que além das danças  típicas, apresenta o artesanato e músicas em diversas localidades do país.

Fonte: